Observando os Rios - BA

Detalhes do Grupo

Rio Trobogy 01

Recôncavo Norte Inhambupe

09/11/2016

Outros

Misto

Rio Trobogy

Próximo a barragem(ETE EMBASA)

Salvador - BA

Movimento Jaguaribe Vivo/ Movimento SOS Vale Encantado

Maíra Menezes de Azevedo

Marcela Lomanto


Maíra Azevêdo - 42 anos
Marcela Lomanto - 36 anos
Marcelo Ávila - 32 anos
Gustavo -
Geovana Ribeiro - 24 anos
Fredson - 24 anos
Ivana -
Heloy -
Wendy Wicks -
Fabio -

Avaliações
Cadastradas
Nota Final
2016
09/11/2016 31,00 - Regular
15/12/2016 30,15 - Regular
2017
25/01/2017 31,00 - Regular
24/03/2017 30,15 - Regular
15/08/2017 32,67 - Regular
07/10/2017 27,00 - Regular
09/11/2017 29,00 - Regular
13/12/2017 28,00 - Regular
2018
28/01/2018 31,00 - Regular
26/02/2018 25,85 - Ruim
Grupo Ativo
Mostrar Resultados Completos
O rio Trobogy situa-se entre as Bacias Hidrográficas do Rio Jaguaribe e do Rio Passa Vaca. Estamos monitorando pontos de seu curso que ficam localizados numa área de várzea entre as colinas de Patamares e de Piatã. A fisionomia natural dessa área era composta por dunas e baixada com vegetação típica de Mata Atlântica desses ambientes de transição, como gramíneas, herbáceas e arbustivas, misturando-se, em algumas extensões, com vegetação de maior porte, como bambuzal e árvores típicas de extrato arbóreo de Mata Atlântica. A rede hídrica é intrincada, com ocorrência de nascentes, lagoas e entroncamentos com outros rios, já no curso final das Bacias, contribuindo com o Rio Jaguaribe, cuja foz situa-se entre as praias de Patamares e Piatã. Essa faixa de praia fica na chamada orla Atlântica de Salvador, é muito frequentada por banhistas em geral e praticantes de surf e outros esportes, bem como por pescadores artesanais, que possuem inclusive uma base da Colonia de Pesca Z-6. Além disso, essa rede hídrica está diretamente ligada à manutenção da qualidade ambiental do Parque do Vale Encantado. A ocupação imobiliária vem, com mais intensidade nos últimos 10 anos, descaracterizando toda essa fisionomia e impactando na drenagem natural do rio. Com a justificativa de promover adequações de drenagem urbana, o rio vem sofrendo uma maior intensificação nas intervenções de seu curso e leito desde maio de 2016. Toda a área de recarga desse rio está sendo afetada, com consequência direta na qualidade ambiental de seu entorno, aumento na concentração de partículas em suspensão e de matéria orgânica, bem como alteração do fluxo de suas águas.